4 DE JULHO

04/07/2017 00:00

1776 - O Congresso da Filadélfia aprova por unanimidade a declaração de independência das 13 Colônias da União norte-americana. 

1807 - Nasce Giuseppe Garibaldi, herói da unificação italiana. 

1826 - Morre Thomas Jefferson, redator da declaração de independência dos EUA e terceiro presidente do país. 

1830 - Conquista da Argélia por um corpo expedicionário francês. 

1831 - Morre James Monroe, ex-presidente dos Estados Unidos, autor da famosa doutrina Monroe. 

1900 - Nasce Louis Armstrong, trompetista e "jazzman" norte-americano. 

1910 - Acordo russo-japonês que estabelece o domínio da Rússia sobre a Manchúria e que os russos não interfeririam na invasão japonesa na Coréia. 

1919 - O presidente peruano José Pardo e Barrera é derrubado e substituído provisoriamente por Augusto B. Leguía. 

1924 - A Revolta Tenentista explode no Estado de São Paulo (Brasil), sendo sufocada após um mês de combates.  

1930 - Morre o famoso escritor escocês, criador do detetive Sherlock Holmes, Arthur Conan Doyle. 

1932 - A Revolução Constitucionalista é desencadeada em São Paulo (Brasil). 

1933 - Mahatma Gandhi. Em 4 de julho de 1933, Mahatma Gandhi foi preso na Índia. Morou na África do Sul por 20 anos, defendendo o direito dos hindus. Ao retornar à Índia, em 1915, deu início a uma luta pacífica pela independência do país do domínio britânico. Gandhi pregou o amor universal e a não-violência. 

1934 - Morre Madame Curie, pesquisadora polonesa, duas vezes Prêmio Nobel. 

1941 - Tito organiza a resistência na Iugoslávia. 

1946 - A República das Filipinas é proclamada. 

1948 - A cólera causa a morte de dez mil pessoas na Índia. 

1966 - As liberdades constitucionais são suspensas no Peru, devido a atividades de guerrilha. 

1982 - O presidente dominicano Silvestre Antonio Guzmán se suicida na sede do governo. 

1991 - A Assembléia Nacional Constituinte da Colômbia promulga uma nova Constituição, substituindo a carta de 1986. 

1992 - A alemã Steffi Graf vence a sérvia Mônica Seles na final femenina do torneio de tênis de Wimblendon. 

1992 - Morre Astor Piazzola, compositor argentino de tangos. 

1994 - Guerra civil em Ruanda: a Frente Patriótica tutsi toma a capital, Kigali. 

1997 - A nave não tripulada "Mars Pathfinder" posa em Marte e mostra as primeiras imagens da superfície do planeta vermelho, após uma viagem espacial de 500 milhões de quilômetros. 

2000 - O presidente Ernesto Zedillo e o vencedor das eleições, Vicente Fox, assinam um acordo de transição pacífica no México. A direção do PRI não aceita a renúncia da sua presidenta, Dulce María Sauri. 

2001 - A Justiça argentina processa e pede a prisão preventiva do ex-presidente Carlos Menem, por considerá-lo comandante de uma transação ilícita que vendia armas ilegalmente para Equador e Croácia. 

2001 - O Supremo Tribunal Federal brasileiro concede prisão domiciliar a Lino César Oviedo, detido desde junho de 2000 em um quartel militar de Brasília. Nesta data, o governo paraguaio solicitou a extradição de Oviedo, acusado de haver planejado e financiado o assassinato de Luís María Argaña, em 1999.