Comunhão

01/06/2018 00:00

 

Comunhão (18/04/1957) § 29

Agora, se Deus não poupou o Seu próprio Filho do teste cruel, então Ele não poupará você ou eu do teste cruel. E Jesus estava aqui enfrentando o maior teste que Ele já havia tido. O Getsêmani colocado diante Dele, onde aquele definitivo e último teste todo-suficiente deveria vir, quando as cargas de todo o mundo foram colocadas sobre os Seus ombros abençoados. Não havia ninguém em todo o céu ou na terra que pudesse alguma vez sustentar a não ser Ele. E saber que todos os pecados, dos pecados passados, e pecados presentes e pecados futuros, repousavam sobre esta decisão. E foi uma das maiores vitórias que Cristo já ganhou ou provou a Sua grande messianidade, como quando Ele disse a Deus: “Não a Minha vontade; mas a Tua seja feita”. Essa foi a maior vitória que Ele já tinha ganho. Todos os demônios de tormento estavam ao redor para tentá-Lo e prová-Lo. E quando nos acertamos com Deus, quando nossos corações se tornam puros e o Espírito Santo tem assumido o Seu lugar em nosso coração, essa é a coisa mais gloriosa de ter testes. A Bíblia nos diz que os nossos testes e provações são mais preciosos para nós do que a prata e o ouro do mundo. Então devemos ser gratos.