A Deidade de Jesus Cristo

22/02/2019 00:00

 

A Deidade de Jesus Cristo (25/12/1949) §§ 48-51, Jeffersonville, Indiana, EUA.

Então este homem aqui, isso é o que eu acho que os ateístas e alguns deles ficam por aí, argumentando. Mas a hora tem chegando quando Deus tem irradiado a Sua Luz, eis uma hora aqui que, quando Deus está realizando coisas. Isso é correto. E por isso agora, quando eles argumentam: “Bem, os seus pés se parecem com os de um urso, e as suas mãos se parecem com as de um – um chipanzé ou um – um macaco, ou assim por diante,” e eles procuram dizer que a sua origem veio disso. Isso não tem nada a ver com isto. Isto é o corpo de carne no qual ele simplesmente está morando, como uma casa, isto vai voltar para o pó da terra. Porém o espírito é imortal; ele vem de Deus. Isso é a imagem de Deus. Deus é um Espírito. Esse homem perdeu a sua origem no Jardim do Éden. Sua afinidade, comunhão com Deus foi cortada aí, por causa do pecado e incredulidade. Incredulidade no quê? Na Palavra de Deus. Um quadro foi pintado certa vez para Eva, e lhe disse quanto mais brilhante isto seria se ela simplesmente – simplesmente excluísse a Palavra de Deus, “examine aqui a razão.” Você não pode. Deus... Há diferença entre a razão e a Palavra de Deus. E a Palavra de Deus é verdadeira; a razão é falsa. Você não pode concluir nada logicamente. Isso é certo. Nossa mente não é, veja você, não é suficientemente boa ou nunca será, para esquadrinhar a Eterna sabedoria de Deus. E, por isso, você não pode raciociná-La, você somente tem que crer Nela.