Tradução Inédita Já Disponível!

Pensamentos do Último Dia

 

De Volta aos Fundamentos

Mensagem pregada no dia 28 de maio de 2017

 

A Hora do Confronto

 

Mensagem pregada no dia 14 de maio de 2017

 

Eu e o Pai Somos Um

Mensagem pregada no dia 7 de maio de 2017

 

O Germe da Vida de Deus

Mensagem pregada em 30 de abril de 2017

 

O Poder Vivificador na Igreja

 

Cerimônia de Casamento

Novidades

Milagres Realizados e Infidelidade Exposta Através do Ministério de William Branham

23/01/2015 07:00
Foto das reuniões ocorridas em 1950 no Coliseu Sam Houston, em Houston, Texas.   Em 23 de janeiro de 1950, Pearry Green, juntamente com seus pais e familiares, participaram de um culto de campanha evangelística no Coliseu Sam Houston, em Houston, TX. William Branham era para ser o orador...

A Mensagem de William Branham Versus Teorias Unicistas

13/01/2015 08:19
Muitas vezes o irmão Branham era confundido pela sua maneira de ensinar com a organização pentecostal conhecida como “Só Jesus”, que ensinava que o Pai, Filho e Espírito Santo eram apenas ofícios ou manifestações de Deus. Como o irmão Branham mostrava-se contrário à doutrina trinitária de três...

Cura Divina Para o Obediente

12/07/2014 18:30
Por William Branham     A cura divina é a propriedade pessoal de cada filho crente em Deus. A atitude mental correta para com qualquer das promessas de Deus trará a cura em sua vida. Onde quer que você esteja, se você ama o Senhor, isso torna você um cristão. Mas você não pode amar ao...

Porque Eu Permaneço Com Essa Mensagem

11/07/2014 20:14
Nós já publicamos aqui em outra ocasião alguns comentários do irmão Owen Jorgensen acerca das críticas feitas contra o ministério de William Branham e sua mensagem, chamado “Um Biógrafo Responde aos Críticos de William Branham”, onde ele soube mostrar com muita propriedade, que as pessoas...

Anotações do Ministério de William Branham

10/07/2014 16:28
Por Gordon Lindsay   Durante quatro anos, o editor de A Voz da Cura trabalhou com William Branham, e os resultados desses quatro anos falam por si. Muitos foram inspirados a lançar-se no ministério da fé, e um avivamento foi encabeçado que abalou as nações. Foi, portanto, um grande choque...

Sou Eu: A Voz de Jesus na Tempestade

15/05/2014 11:55
Por Newman Hall   O Rev. Christopher Newman Hall (1816-1902) foi um influente ministro britânico e ao mesmo tempo um grande ativista das causas sociais. Hall apoiou Abraham Lincoln e a abolição da escravatura durante a Guerra Civil Americana; ele também lutava pela melhoria das condições...

Sermões de William Branham em Cartão de Memória Micro SD

13/05/2014 00:25
Desejamos transcrever aqui na íntegra a última carta redigida pelo irmão Joseph Branham dirigida à Noiva de Cristo no Brasil.   GRAVAÇÕES “A VOZ DE DEUS” 7 de maio de 2014   Estimados amigos cristãos:   Saudações em Nome de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo!   Desde o...

Os Anos da Mocidade

02/05/2014 08:51
  Ao longo de sua vida, o irmão Branham desejava estar no deserto. Com a idade de 18 anos, ele partiu de Indiana para as ásperas montanhas do oeste. Sua estada no Arizona não durou muito tempo, antes que ele fosse forçado a retornar.   Um dia eu decidi que tinha encontrado uma...
<< 2 | 3 | 4 | 5 | 6 >>

Em Destaque

UMA PALAVRA PARA OS JOVENS. "E o irmão Branham também disse: 'Um jovem sem uma experiência real do novo nascimento, não faz nenhuma diferença de quão bom seja o lar cristão de onde eles venham. Você precisa ter uma experiência pessoal e se você não possui essa experiência pessoal com Jesus Cristo', ele disse 'a música do rock’n roll pegará você'. E sendo assim, é muito importante que você tenha uma experiência pessoal".

Essa é uma pequena mensagem do irmão Billy Paul Branham direcionada aos jovens e publicada no Jornal Eagle's View. Confira na íntegra.

 

A HISTÓRIA DE UMA CURA OCORRIDA EM BIRMINGHAM. "Aos 10 anos de idade, em abril de 1964, meus pais ouviram falar que o irmão Branham estava vindo para Birmingham, Alabama para uma reunião. Eles decidiram me levar para vê-lo para orar e me explicaram que eu seria curada. Na minha mente eu sabia que quando este homem orasse por mim eu seria curada naquele instante".

Essa é a emocionante história de Kay Patterson, uma menina desenganada pela medicina e que foi curada de uma enfermidade quando o irmão Branham esteve visitando o estado do Alabama em 1964. Desde aquele dia sua enfermidade nunca mais voltou.

 

NUVEM CIRCULAR NA ESTRATOSFERA SUPERIOR. "No pôr-do-sol do dia 28 de fevereiro de 1963, observadores espalhados em uma área de aproximadamente duzentas mil milhas quadradas no sudoeste testemunharam a exibição de uma nuvem notavelmente bela. Após três meses de esforços para determinar o que exatamente foi captado pelos seus olhos, eu ainda não estou seguro por mim mesmo, apesar do número de pistas pertinentes terem agora crescido bastante".

James McDonald tenta mais uma vez nessa matéria publicada na Revista Weatherwise - até então inédita na língua portuguesa - expor suas descobertas científicas sobre uma misteriosa nuvem que se formou no céu do Arizona, sem porém ainda obter uma reposta.

 

DA SUA GLÓRIA“Em junho de 1964, eu deixei o meu assento na audiência para ir ao púlpito e cantar “Da Sua Glória”. Depois que eu cantei, eu vi que uma mulher havia ocupado o meu assento nesta audiência lotada. Então eu fui até a porta atrás da plataforma. O irmão Branham estava de pé ali. Ele conversou por um momento comigo e me mostrou suas notas sobre a mensagem que ele iria dar naquela manhã. Era “O Desvelar de Deus”. Ele disse que aquele hino era sobre sua mensagem”.

Este é um breve testemunho do irmão Morris Ungren, um ministro que quando presente nas reuniões Branham, sempre era solicitado pelo profeta para que cantasse o seu hino favorito. Conheça sua bela história.

 

REUNIÃO BRANHAM NA ALEMANHA. "O ministério ungido do irmão Branham como um Vidente foi simplesmente sublime. Esta parte do seu ministério não foi testemunhada na mesma medida durante dezenove séculos. Foi o seu milagroso discernimento de todas as suas doenças e aflições e até mesmo dos seus pensamentos que elevaram a fé daqueles na fila de cura e de outros em todas as partes da audiência para o nível de cura, e pôs o dom de cura em ação. Em todos os casos o irmão Branham foi permitido pelo Espírito Santo a discernir e descrever com precisão todas as suas aflições".

Estas são as palavras do Rev. F.F. Bosworth, que junto com o irmão Branham organizou aquela que viria a ser uma das útimas grandes campanhas de cura do profeta na Europa em 1955.

 

EU VISITEI UMA REUNIÃO BRANHAM. "É 12:30, meia-noite. Eu há pouco cheguei de uma reunião Branham, e desejo anotar minhas impressões enquanto tudo estiver em minha mente. Sinto que eu devo isto a outros para contar o que eu vi e ouvi hoje à noite. Isso foi tão perto do céu como eu jamais tenho estado – tão perto do céu como eu jamais esperei estar na terra. Eu jamais esquecerei esta noite. Algo aconteceu comigo; e eu nunca serei totalmente o mesmo novamente. Eu lhe contarei o que eu ouvi e vi – por favor, acredite em mim, por mais incrível que isso possa parecer, porque isto é a verdade".

Este é um emocionante testemunho de um ministro australiano que presenciou uma reunião de cura divina de William Branham, ocorrida em Shreveport, 1954. 

 

O PRIMEIRO PASTOR DE WILLIAM BRANHAM "Sou o ministro que recebeu o irmão Branham na primeira congregação pentecostal que ele freqüentou. Eu o batizei, e fui o seu pastor por uns dois anos. Eu também preguei o sermão de sua ordenação, e assinei o seu certificado de ordenação, e ouvi-lhe pregar o seu primeiro sermão. Fui o primeiro homem nesta terra a quem Billy viu ungir e orar por uma pessoa enferma. Sinto que posso escrever mais intimamente sobre Billy Branham do que qualquer ministro vivo".

Este é um breve testemunho do Pr. Roy E. Davis sobre os seus primeiros anos de companheirismo com o irmão Branham no inicío de seu ministério na igreja batista, concedido à revista A Voz da Cura em outubro de 1950.

 

A HISTÓRIA DE BRANHAM TESTADA POR UM INVESTIGADOR DA CPA “Uma testemunha ocular disse-me de ele ter participado nas reuniões de Kansas City. Ele contou como uma mulher à beira da morte por tuberculose foi levada de maca a uma distância de 150 milhas para assistir às reuniões. Ela foi colocada em uma cadeira de rodas e quando depois de dois dias seu caso não tinha sido alcançado, o seu marido com a ajuda de alguns dos homens, levantou o corpo, com cadeira e tudo, para a plataforma. Ao vê-la, o Sr. Branham se virou e disse algo assim: ‘Mulher, tua fé te curou’, e ele se virou para o marido e disse: ‘Senhor, sua fé curou sua esposa’, e, em seguida, voltando-se para a mulher, ele ordenou em nome de Cristo que a doença a deixasse”.

Este é um breve resumo de um relatório publicado na revista “A Voz da Cura” em junho de 1952, feito pelo investigador J. H. Buzzell da C.P.A., que averiguou os relatos milagrosos contados no Livro “Um Homem Enviado de Deus”, admitindo ao final serem todos eles verídicos.

 

MENSAGEM DE WILLIAM BRANHAM PARA A IGREJA “...Alguns dias atrás eu aceitei um convite para pregar em uma grande igreja. Quando eu cheguei lá eu descobri que o propósito de eu ir era para usar qualquer influência que eu tivesse para conseguir membros de uma outra igreja. A outra igreja também havia me dado um convite para o mesmo propósito. Eu não iria a nenhuma das duas porque eu não creio que um ministro devesse usar a sua influência para fazer proselitismo por qualquer igreja. Creio que todos nós deveríamos ser irmãos e ter respeito um pelo outro”.

Nesta entrevista concedida pelo irmão Branham ao Rev. Gordon Lindsay, o profeta de Deus dá uma palavra inspiradora para a Igreja sobre a grande necessidade dos irmãos se amarem uns aos outros com respeito mútuo e viverem em união apesar de suas diferenças.

 

GRUPO BRANHAM NA ÁFRICA "O irmão Branham se tornou querido de todos, com seu espírito humilde e sua bondade, com um espírito como o de Cristo, e a sua grande fé em Deus. Ele deixou definitivamente claro que somente Deus é capaz de curar. Os dois sinais que Deus deu para o irmão Branham, os quais operam a um alto grau de perfeição, certamente foram o motivo da admiração e espanto tanto do crente como do incrédulo. Quando o irmão Branham discernia as doenças e os incidentes descritos e as circunstâncias nas vidas daqueles com quem ele estava tratando, multidões ficavam profundamente comovidas, e Deus glorificado por Sua presença manifesta".

Este é um breve relatório feito pelo Rev. A. J. Schoeman, presidente do comitê nacional para a campanha Branham na África do Sul, realizada em 1951.