Uma Exposição das Sete Eras da Igreja

15/02/2018 00:00

 

Uma Exposição das Sete Eras da Igreja, págs. 327-328

Ora, eu disse há pouco que a falsa vinha entrou em plena frutificação nesta era. Seu fruto se desenvolveria e amadureceria. Isso é correto. Esta igreja inspirada pelo mal, cheia de iniqüidade, será revelada como o grão de mostarda que cresceu até tornar-se uma árvore onde se aninharam as aves do céu. À sua cabeça estará o anticristo, o mistério da iniqüidade. Tudo isto é verdade. E se é verdade, então também tem de ser verdade que a Igreja Noiva amadurecerá, e sua maturidade será uma identificação com seu Senhor por meio da Palavra, e sua Cabeça que virá a ela é o Mistério da Piedade, que em verdade é Cristo. E quando a falsa igreja vier contra esta verdadeira vinha, com toda a astúcia e poder diabólico constituído de força política, força física e demônios das trevas, a verdadeira vinha, com a plenitude do Espírito e da Palavra, fará as mesmas obras de poder que Jesus fez. Então à medida que ela se aproxima de sua Pedra de Cabeça, tornando-se semelhante a Ele através da Palavra, Jesus virá para que a Noiva e o Noivo possam estar unidos como um, para sempre.