O Caminho de Volta

28/11/2017 00:00

 

O Caminho de Volta (23/11/1962) § 57, Shreveport, Louisiana, EUA.

Agora, nós encontramos que quando o homem tenta descobrir um soro (um médico) para dar ao seu paciente para imunizá-lo da enfermidade, ele primeiramente testa aquilo em um porquinho-da-índia, e observa se aquilo irá funcionar. Mas Deus não faz assim. Ele nunca tomou um porquinho-da-índia. Ele experimentou aquilo em Si mesmo. Um bom médico que quiser experimentar um soro, se ele não sabe se aquilo irá matar ou curar, ele deveria primeiramente tomá-lo para descobrir antes de aplicar em alguém mais. E Deus, para poder receber este soro, teve que se fazer carne e habitar entre nós: um parente Redentor. Amém. Deus teve de se tornar homem, para que então Ele pudesse tomar o soro. E Ele recebeu Sua inoculação no Jordão (Amém), quando Ele entrou no rio e foi batizado por João. E então a inoculação desceu. O medicamento caiu do céu como uma pomba, dizendo: “Este é o Meu Filho amado, em Quem Me comprazo habitar”. Ele foi imunizado. E imediatamente após a imunização veio o teste. E todo homem, assim que você recebe o Espírito Santo e é imunizado, cada demônio do inferno se vira contra você. Até mesmo a sua própria família, muitas vezes te rejeita; seu marido, sua esposa, seu pastor. Você é chutado para fora da igreja; se riem de você, fazem graça disto. É o teste. Amém.