Comunhão Pela Redenção

28/02/2018 00:00

 

Comunhão Pela Redenção (03/04/1955) § 97

Um animal não tem uma alma. Mas um homem tem uma alma. E, portanto, essa alma é uma parte de Deus. E mesmo em seu estado decaído, o homem ainda é a maior espécie de todas as espécies da Terra. E depois ao levá-lo em conexão com o seu Criador, ele quase se torna um super-homem, porque ele é um filho de Deus. Ele se familiariza com o seu Criador, com o Criador de todas as coisas. E então, quando aquele homem ali, familiarizado com o seu Criador, torna-se uma parte de seu Criador, torna-se de volta à comunhão com o seu Criador, cada Palavra divina torna-se uma realidade viva para ele, e ele crê nisso. Não é de se admirar que as pessoas não consigam crer em cura divina hoje. Elas não possuem nada para crer. Até que Deus venha ao coração humano, um homem não é muito melhor do que um bruto. Sua razão, ele vai deliberar sobre tudo isso. “Como pode ser isso?” E o explica errado. Mas quando Deus alguma vez assume a Sua posição no coração do homem todos os raciocínios desaparecem, e Deus Se torna em primeiro lugar. Amém.