27 DE MAIO

27/05/2018 00:00

1564 - Em 27 de maio de 1564, morre João Calvino, reformista protestante. O fundador do calvinismo opunha-se à catolização da Igreja inglesa. Ele atacava práticas como ornamentos e músicas de órgãos. A sua corrente, a puritana, criticava também a autoridade dos bispos e governos. 

1780 - Regressa de sua exploração do rio Colorado, na Patagônia, o navegante Villarino. 

1792 - Pela primeira vez é utilizada a guilhotina em Paris, para punir um ladrão. 

1850 - A rainha Vitória da Inglaterra sofre seu quarto atentado. 

1895 - Oscar Wilde é condenado a dois anos de prisão com trabalhos forçados ao ser considerado culpado por práticas homossexuais. 

1905 - Guerra russo-japonesa. Batalha naval de Tshusima, em que os japoneses destroem totalmente a frota russa. 

1910 - Morre Robert Koch, médico alemão que descobriu o bacilo da tuberculose. 

1923 - Nasce na Alemanha Henry Kissinger, político naturalizado norte-americano. 

1931 - O físico suíço Auguste Piccard é o primeiro homem que atinge a estratosfera, ao subir 16 mil metros de altura. 

1936 - O transatlântico britânico Queen Mary realiza sua viagem inaugural entre Grã-Bretanha e Estados Unidos. 

1941 - Navios de guerra britânicos afundam o encouraçado alemão Bismarck .  

1947 - Na Alemanha são executados 22 dos condenados no processo de Mauthausen. 

1971 - A União Soviética e o Egito assinam pacto de ajuda mútua. 

1984 - O presidente costa-riquenho, Luis Alberto Monje, inicia uma viagem por onze países europeus para explicar a posição da Costa Rica no conflito centro-americano. 

1984 - Centenas de parlamentares da Europa ocidental criticam a União Soviética por violações dos direitos humanos. 

1986 - Aproximadamente 600 pessoas desaparecem nas águas do rio Megnha (Bangladesh) quando uma balsa naufraga. 

1988 - O Senado norte-americano confirma um acordo entre Estados Unidos e a URSS que prevê a eliminação de 2.600 mísseis com alcance entre 500 e 5 mil quilômetros. 

1990 - O liberal César Gaviria Trujillo é eleito presidente da Colômbia em eleições marcadas por alto índice de abstenção. 

1990 - O presidente Mikhail Gorbachov pede à população que tenha calma e evite compras excessivas, movidas pelo pânico. 

1992 - A Comunidade Européia impõe sanções à Sérvia. 

1994 - O Nobel de Literatura russo Alexandr Solzhenitsin regressa à Rússia, após 20 anos de exílio nos Estados Unidos. 

1996 - Soldados amotinados reconhecem a derrota e voltam aos quartéis depois de uma revolta de 10 dias na República Centro-Africana. 

1999 - O tribunal de crimes de guerra da ONU em Haia anuncia que aceita as acusações ao presidente iugoslavo Slobodan Milosevic e quatro de seus assessores, por crimes cometidos em Kosovo. 

2000 - O principal partido protestante da Irlanda do Norte aprova, por pequena margem, seu plano para restabelecer a divisão de poderes com os católicos, principal objetivo do acordo de paz de 1998 para a província.