18 DE JULHO

18/07/2018 00:00

 

64 - Começa o Grande Incêndio de Roma. A lenda diz que o fogo foi iniciado pelo imperador Nero, que teria se retirado para tocar harpa enquanto via a cidade queimar. 

1374 - Morre Francesco Petrarca, poeta e humanista italiano. 

1821 - A chamada Banda Oriental (Uruguai) é anexada ao Brasil com o nome de Província Cisplatina. 

1830 - A Constituição da República do Uruguai é promulgada. 

1853 - Um motim popular obriga Juan Francisco Giró a renunciar à Presidência do Uruguai. 

1861 - Tomás Cipriano de Mosquera toma o poder na Colômbia durante o Combate de Bogotá. 

1866 - O Combate de Boqueirão, entre paraguaios e tropas aliadas argentinas, uruguaias e brasileiras, deixa quase seis mil mortos de todas as forças combatentes. 

1892 - A Lei nº 43, do Estado de São Paulo, determina a criação de um laboratório bacteriológico, atual Instituto Butantã.  

1898 - As Filipinas proclamam sua independência. 

1915 - Revolução no México: os zapatistas recuperam a capital. 

1918 - Nasce Nelson Mandela, presidente da África do Sul. 

1921 - Nasce John Glenn, primeiro astronauta norte-americano. 

1925 - Pouco depois de sair da prisão, Adolf Hitler publica o livro Minha Luta (Mein Kampf) em Berlim. A obra continha a base do nazismo. 

1934 - A Sociedade das Nações entrega à Colômbia Puerto Leticia, território sobre o Rio Amazonas disputado por peruanos e colombianos. 

1936 - Inicia-se a Guerra Civil Espanhola, com o levante militar na Península. O conflito originou a ditadura do general Francisco Franco. 

1941 - Segunda Guerra Mundial: tropas japonesas desembarcam no sul da Indochina. 

1945 - Conferência de Postdam: Estados Unidos, Grã-Bretanha e Rússia se reúnem para elaborar um plano para a paz mundial, após o fim da Segunda Guerra. 

1959 - O cachorro Bidu é apresentado como o primeiro personagem do cartunista paulista Maurício de Souza, criador da Turma da Mônica. 

1967 - Morre Humberto Castelo Branco, ex-presidente do Brasil. 

1971 - Um jogo contra a Iugoslávia, no Maracanã, marca a última atuação do jogador Pelé na Seleção Brasileira. 

1979 - O presidente da Nicarágua, Anastasio Somoza, é obrigado a abandonar o país após ser derrotado pelos sandinistas. 

1981 - Bombardeio em setores densamente povoados de Beirute, capital do Líbano, deixam mais de 300 mortos e pelo menos 800 feridos.  

1982 - Miguel de la Madrid ganha as eleições presidenciais do México. 

1987 - Morre Gilberto Freyre. Em 18 de julho de 1987, morre Gilberto Freyre, escritor brasileiro que mais homenagens recebeu de universidades da Europa e dos EUA. Nascido em 1900, Freyre escreveu 67 livros, sendo Casa Grande & Senzala, de 1933, a sua maior obra. O livro se tornou um clássico sobre a formação da sociedade brasileira. 

1988 - O Irã aceita sem condições prévias a resolução 598 da ONU sobre o cessar-fogo na guerra que mantinha com o Iraque desde 1980. 

1989 - Estados Unidos e URSS fazem um acordo prévio sobre a proibição de armas químicas e sua destruição em um período de dez anos. 

1990 - Morre Georges Dargaud, primeiro editor da revista Asterix. 

1990 - O Iraque adverte os integrantes da OPEP que vê como ato de guerra as violações às cotas de produção e acusa o Kuwait de roubar seu petróleo por dez anos. 

1994 - A explosão de um carro-bomba na sede da Associação Mutual Israelita Argentina, em Buenos Aires, a principal organização judaica no país, deixa 87 mortos, um desaparecido e mais de 300 feridos. 

1994 - A Frente Patriótica de Ruanda (FPR) comunica oficialmente à ONU o fim da guerra nesse país africano. 

1999 - A Índia anuncia que expulsou um grupo de invasores de sua fronteira na Caxemira com o Paquistão, encerrando assim o pior combate travado pelos dois países desde a guerra de 1971. 

1999 - As tropas norte-americanas e inglesas matam 17 civis no sul do Iraque, em um dos piores ataques da ofensiva contra Saddam Hussein.