11 DE MARÇO

11/03/2019 00:00

859 - Morte de São Eulógio

 1302 - Na obra de Shakespeare, Romeu e Julieta se casam.  

  1544 - Torquato Tasso, o maior poeta italiano do Renascimento, nasceu em Sorrento, Reino de Nápoles.

1785 - Descoberto o cometa Méchain. 

1810 - Napoleão, Imperador da França, casa com a arquiduquesa Marie Louise da Áustria.  

1818 - Mary Shelley publica Frankenstein, a história da criatura formada com partes de vários corpos e que, rejeitada por seu criador, parte em busca de companhia.  

1845 - Os EUA anexam o Texas. 

1851 - Rigoletto, a grande obra de Verdi, estréia em Veneza.  

1921 - Nasce Astor Piazzolla, músico argentino 

  1926 - Nasce líder americano dos direitos civis Ralph David Abernathy em Linden, Alabama. 

1930: William Howard Taft foi o primeiro presidente dos EUA a ser enterrado no Cemitério Nacional de Arlington em Arlington, Virginia. 

1931 - A União Soviética proíbe a venda de Bíblias.  

1931 - Nasce Rupert Murdoch, empresário australiano. 

1933 - Terremoto mata 115 pessoas em São Francisco (EUA). 

  1941 - O Congresso dos EUA aprovou a Lei Lend-Lease. 

  1942 - Durante a Segunda Guerra Mundial, as forças Aliadas no sudoeste do Pacífico veio sob o comando dos EUA pelo general Douglas MacArthur seguindo sua turnê na península de Bataan, nas Filipinas. 

1942 - O presidente Getúlio Vargas decreta o confisco de bens de imigrantes alemães e italianos.  

1947 - Ademar de Barros é empossado no governo de São Paulo.  

1970 - O cônsul-geral do Japão no Brasil, Nobuo Okushi, é seqüestrado. Quatro dias depois, ele seria libertado em troca de oito prisioneiros políticos.  

1985 - O líder do Politburo Mikhail Gorbachev é escolhido para suceder Konstantin Chernenko na presidência da URSS. 

1986 - Este dia marca um milhão de dias desde a fundação do Império Romano, no dia 21 de abril de 753 a.C.  

1990 - A Lituânia torna-se a primeira república a se separar da União Soviética, que só reconhece a independência do país báltico em 1991. 

1993 - A Coréia do Norte retira-se do Tratado de Não-Proliferação Nuclear. O país recusa-se a permitir a inspeção de sua produção de armas nucleares por oficiais Ocidentais. 

2000 - Explosão mata 81 mineiros na Ucrânia.  

2001 - O Governo talibã do Afeganistão comunica à ONU que os budas gigantes de Bamiyán foram destruídos.  

2004 - Atentados em Madri. No dia 11 de março de 2004, uma série de explosões em três estações de trem de Madrid (Espanha) mata 199 pessoas e deixa mais de 1,4 mil feridos. Os separatistas do ETA chegaram a ser apontados como responsáveis pelo ataque, mas as investigações comprovaram a ligação de grupos islâmicos com a organização do atentado.