1º DE FEVEREIRO

01/02/2019 00:00

1852 - Honduras e El Salvador, que haviam invadido a Guatemala, são derrotados na batalha da Arada. 

1871 - Morre Alejandro Nicolás Serov, compositor russo. 

1895 - Nasce John Ford, diretor norte-americano de cinema. 

1896 - Nasce Anastasio Somoza, duas vezes presidente da Nicarágua. 

1901 - Nace Clark Gable, ator norte-americano de cinema. 

1905 - Aparece em Buenos Aires o primeiro número de El Diario Español, jornal dirigido por Justo S. López de Gomara. 

1924 - Começa a guerra civil em Honduras. 

1931 - Nasce Boris Yeltsin, presidente da Federação Russa. 

1932 - Pu Yi, ex-imperador da China, proclama o estado independente da Manchúria, com o apoio das forças japonesas. 

1938 - Morre Armando Palacio Valdés, escritor espanhol. 

1940 - Segunda Guerra Mundial: as tropas soviéticas desencadeiam, de surpresa, uma ofensiva contra a Finlândia na região de Summa. 

1944 - Morre Piet Mondrian, pintor holandês. 

1946 - Proclamação da República da Hungria. 

1953 - Um diluvio de vários dias e fortes ventos fazem a maré subir. Vários diques foram rompidos, provocando as inundações mais trágicas da história da Holanda, causando a morte de 1.835 pessoas e ferindo outras 300 mil. 

1958 - No Cairo, a República Árabe Unida é constituída por Egito e Síria, dissolvida em 1961. 

1961 - Os Estados Unidos lançam o "Minuteman", primeiro míssil intercontinental com carburante sólido. 

1965 - Nasce Stephanie Grimaldi, princesa de Monaco. 

1970 - Um choque de trens na Argentina, 35 quilômetros ao norte de Buenos Aires, deixa 141 mortos e 500 feridos. 

1974 - Um incêndio em um dos prédios mais altos de São Paulo deixa 200 mortos. 

1985 - Uma nova moeda é posta em circulação no Peru: o "inti". 

1991 - Um terremoto de 6,8 graus na escala Richter sacode o norte do Paquistão e deixa mais de 300 mortos e 500 feridos. 

1993 - Entra em vigor um acordo que prevê uma zona de livre comércio entre Equador e Venezuela. 

1995 - O FMI aprova um empréstimo de US$ 17,8 bilhões para o México, sem precedentes na história. 

1999 - O primeiro ministro da Moldávia, Ion Ciubuc, se demite.