Tu Crês Nisso?

20/05/2017 00:00

 

Tu Crês Nisso? (15/01/1950) §§ 11-12, Houston, Texas, EUA.

Um dia quando eu tive o meu primeiro encontro com o povo da santidade, eu estava lá em St. Louis, e eu conheci o reverendo Robert Daugherty. E ele estava em uma reunião de tenda. E eu fui até lá naquela noite, e a sua menina tinha acabado de ser curada. O testemunho dela apareceu lá. E ele foi me levando até a reunião em que eles estavam tendo. Ele ficou lá em cima, e ele começou a pregar, e era a primeira vez que eu ouvi alguma vez um pregador pentecostal pregar. Aquele jovem pregava até os seus joelhos se dobrarem juntos. Ele ia até o chão, e ele recuperava o fôlego. Você poderia ouvi-lo a duas casas de distância. Surgindo pregando. Alguém disse: “Você é um pregador?”. Eu disse: “Não, senhor”. Não, não. Meus velhos e lentos hábitos batistas não pensam assim tão rápido. Isto é tudo. Eu só... Eu não era nenhum pregador, depois que eu ouvi aquilo. Então me mantive em silêncio em volta do povo do Evangelho completo sobre ser um pregador. Simplesmente deixei isso ir. Eu disse: “Não, eu vou orar pelos enfermos”. Deixei isso assim. Mas eu gosto de vir em um dia como este, para tentar ler um pouco da Palavra e explicá-La o melhor que eu sei; porque tudo... Eu creio que Isso é a verdade. Cada Palavra de Deus é a verdade.