O Ano de Jubileu

06/01/2017 00:00

 

O Ano de Jubileu (03/10/1954) § 122 [sem tradução]

Ouça amigo, esta noite se você estiver aqui sem Cristo, e você não O conhece, realmente seguro em seu coração, bem claro disso, sem sombra de dúvida que Cristo está em seu coração, tudo bem. Mas se você disser: “Bem, irmão Branham, eu me quebrantei e chorei uma vez quando estive no altar”. Não aceite isso. Você diz: “Bem, vou lhe dizer, irmão Branham, eu – eu tive um bom tempo, uma vez. Eu dancei no Espírito, em todo o lugar”. Não aceite isso. Vê? Você diz: “Bem, eu orei por um homem, uma vez, e ele ficou são”. Não aceite isso. O que você deve aceitar é saber que quando Cristo está em seu coração, quando as grandes provações e dificuldades vêm, Ele ainda é carinhoso com você. Você anda mesmo assim. Se tudo está dando errado, e todo mundo está contra você, e tudo está indo desse jeito, você ainda assim seja carinhoso e adorável. Está tudo bem. Sigam em frente, e vocês, seu espírito, dando testemunho com o Seu Espírito, de que vocês são filhos e filhas de Deus. Se isso não ecoar em sua alma esta noite, amigo, não seremos marcados para o Reino de Deus. Vamos entrar no Reino de Deus. E quando um homem uma vez é marcado no reino de Deus, ele está selado até o fim da sua jornada. “Não entristeçais o Espírito Santo de Deus, pelo qual estais selados até ao dia da vossa redenção”.