Israel e a Igreja 2

12/01/2016 08:23

 

Israel e a Igreja 2 (26/03/1953) § 133, Jeffersonville, Indiana, EUA.

O velho Paulo. Eles estavam construindo um matadouro ali, disseram: “Sabe o que é isto, rapaz? Vão cortar sua cabeça”. “É? Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé.” “Ei, o que você vai dizer antes de morrer?” A morte disse: “Seu judeuzinho de nariz torto, eu sabia que você seria vencido pelos açoites, e derrubado pelas... E assim por diante, e eles fizeram isto, aquilo e aquilo outro, mas agora eu te peguei”. Ele olhou. A velha morte disse: “Eu te farei ter calafrios e tremer.” Ele disse: “Morte, onde está o teu aguilhão?”. A sepultura ali, e o barro (aquele soldado romano lançou um tanto de barro nele ali.), disse: “Eu vou te pegar.” Disse: “Oh morte, onde está o teu aguilhão? Sepultura, onde está a tua vitória? Mas graças sejam dadas a Deus”. A sepultura disse: “Eu vou te pegar. Eu vou te mofar. Eu vou te encarcerar. Os vermes vão te devorar. Teus ossos voltarão ao pó”. Mas Paulo disse: “Olhe para aquela tumba vazia lá adiante; eu estou Nele”. Aleluia! [“Amém”] “Eu ressuscitarei novamente naquela manhã e receberei uma coroa que o Senhor, o justo Juiz, me dará. Não somente eles, mas cada um deles (até mesmo aqueles no Tabernáculo Branham) que amarem a Sua aparição”. [“Amém”] Amém. Certamente.