Deus Cumpre a Sua Promessa

02/10/2013 00:20

Por William Branham

 

Como Deus deseja esta noite encher este lugar com Sua bondade. Ele deseja que o mundo inteiro louve-O. Irmão, será desse jeito algum dia. Uma nação, um povo, uma bandeira, uma linguagem. Isso é o que o mundo quer. Mas isso nunca será provocado por uma bomba atômica. Será somente pela Segunda Vinda de Cristo. Ele estabelecerá um reino para o qual jamais haverá um fim.

 

A pergunta é: você já O aceitou como seu Salvador? Será que Ele reina em seu coração? Se você realmente crê que Jesus é o Filho de Deus e O aceita em seu coração, você se levantará perante o povo e testemunhará que você é salvo. Você não pode ser salvo a não ser pela fé. Se você crer e se arrepender dos seus pecados, Deus tem a obrigação de salvá-lo.

 

Nesse estado limpo você está de volta ao lugar onde você estava quando você chegou à idade da responsabilidade. Mas essa natureza adâmica está aí para fazer você querer pecar novamente. É preciso o poder do Espírito Santo para dar-lhe a vitória sobre ele. É um dom de Deus. Mas Ele está mais disposto a dar do que você de recebê-lo.

 

Ontem à noite um grande número de pessoas entrou na fila para a oração para receber o Espírito Santo. Havia uma pequena senhora orando e eu perguntei a ela: “Você já foi salva?”. Ela não entendeu muito bem. Enquanto eu conversava com ela, o Espírito do Senhor começou a me mostrar a sua condição, a sua vida, e o que havia de errado com ela. Agora eu disse: “Se Deus está aqui para mostrar o que há de errado com você, Ele não está aqui para salvá-la?”. Isso resolveu a questão. Ela levantou as mãos e começou a louvar a Deus.

 

Eu vou ler um pouco do Antigo Testamento. Você sabe por que eu gosto tanto do Antigo Testamento? Eu não tive nenhuma instrução, mas se eu ler o Antigo Testamento e souber que essas coisas são tipos e sombras, eu vou entender o Novo Testamento e a Segunda Vinda de Cristo. Se há uma sombra na parede, a pessoa que lança a sombra será como a forma da sombra. O Antigo Testamento era uma sombra e um tipo do relacionamento de Deus com a Igreja hoje. Isso foi a sombra. Esta é a coisa real.

 

Há não muito tempo atrás em Benton Harbor, eu estava conversando com um rabino judeu sobre um homem que foi curado depois de estar cego por vinte anos. O Espírito do Senhor chamou-o nas reuniões e em uma visão eu o vi curado. Eu disse: “Senhor, Deus te curou”, e ele foi embora tão cego como sempre.

Ele voltou em poucos minutos e disse: “Ei, eu não entendo. Você me disse que eu estava curado”.

Eu respondi: “Você está”.

“Bem”, ele respondeu: “Eu não posso ver”.

Eu disse: “Eu sei que você está curado; tive uma visão de você sendo curado”.

Ele respondeu: “Parece-me que se eu estivesse curado meus olhos seriam abertos”.

Eu disse: “Isso não tem nada a ver com isso; seus olhos se abrirão”.

Ele respondeu: “O que devo fazer?”.

Eu disse: “Apenas comece a louvar ao Senhor”.

Então ele louvou. Na noite seguinte, eu mal podia pregar. Ele estava no segundo balcão e ele saltava para cima e dizia: “Todos fiquem em silêncio. Louvado seja o Senhor por me curar”. Eu tinha de começar de novo e ele gritava: “Louvado seja o Senhor por me curar”. Mas ainda assim ele não podia ver. Deixei a cidade, mas ele não desistiu. Ele vendia jornais na esquina e dizia: “Extra! Louvado seja o Senhor por me curar!”.

 

Bem, o velho companheiro foi ao barbeiro para fazer a barba. O barbeiro fez a barba de um lado de seu rosto, e ele era uma espécie de espertinho e queria fazer algum tipo de comentário sobre os cultos, de modo que ele disse: “Diga pai, ouvi dizer que você foi ver o ‘curador’ quando ele esteve aqui no auditório”. O barbeiro continuou: “Ouvi dizer que você foi curado, não é?”. Ele estava apenas tirando sarro dele porque ele era cego, mas John disse: “Sim, louvado seja o Senhor por me curar”. E os seus olhos se abriram na cadeira do barbeiro, e com uma toalha ao redor de seu pescoço ele começou a correr pela rua com o barbeiro atrás dele. Que visão! Ele não podia ver perfeitamente, mas ele pôde fazer o caminho de volta, bom. Agora esse homem está em Michigan pregando cura divina pela fé.

 

O rabino para quem eu estava dizendo isso disse: “Agora eu quero te perguntar uma coisa. Quem curou este homem?”.

Eu respondi: “Jesus Cristo curou”.

Ele disse: “Jesus Cristo? Jesus não era o Cristo!”.

Eu respondi: “Oh, sim, Ele é. Não somente isso, mas Ele é agora, e sempre será”.

Ele disse: “Você não pode me fazer crer nisso”.

Eu respondi: “Bem, foi em Seu nome que esse homem recebeu sua visão”.

O rabino perguntou: “Você pode fazer isso para cada pessoa?”.

Eu respondi: “O mesmo Deus que operou no Antigo Testamento é o que está operando agora”.

As lágrimas começaram a rolar pelo seu rosto e ele disse: “Deus é capaz de destas pedras suscitar filhos a Abraão”.

Eu respondi: “Sim, Ele é”. Mas o rabino não quis me ouvir.

Ele disse: “Se eu ensinasse que Jesus era o Cristo eu estaria na rua pedindo esmola”.

Eu respondi: “Irmão, eu prefiro estar deitado sobre o meu estômago bebendo água e comendo bolachas e pregando a verdade do que ter todo o seu esplendor”.

 

Eu quero ler esta passagem da Escritura para você de Joel 2:25-27.

 

E restituir-vos-ei os anos que comeu o gafanhoto, a locusta, e o pulgão e a lagarta, o Meu grande exército que enviei contra vós. E comereis abundantemente e vos fartareis, e louvareis o nome do Senhor vosso Deus, que procedeu para convosco maravilhosamente; e o Meu povo nunca mais será envergonhado. E vós sabereis que Eu estou no meio de Israel, e que Eu sou o Senhor vosso Deus, e que não há outro; e o Meu povo nunca mais será envergonhado.

 

Eu gostaria de tomar como o meu tema: “Deus Cumpre a Sua Promessa”. Joel está falando aqui principalmente do Milênio, quando os judeus serão trazidos de volta à sua herança. Ele falou da árvore que foi comida pelos vermes e insetos, até que não houvesse mais árvores, apenas um toco, mas Ele prometeu restaurar isso novamente. Quando Deus diz qualquer coisa Ele fará com que se cumpra. Então Israel pode buscar por isso, não importa o quanto eles estejam espalhados pelo mundo. Não importa o quão duro eles tenham sido espancados por cerca de dois mil anos, sem pátria, sem bandeira, expulsos da Alemanha e da Rússia e em outros lugares, pois os judeus serão restaurados novamente, porque Deus disse isso por meio de Seu profeta. E isso já está acontecendo.

 

Quando Deus faz uma promessa Ele sempre a faz cumprir. Ele fez uma promessa em Atos 2:38-39 “...Arrependei-vos e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo para remissão dos vossos pecados, e recebereis o dom do Espírito Santo. Porque a promessa é para vós, para vossos filhos e para todos os que estão longe, e a tantos quantos o Senhor nosso Deus chamar”. Essa é uma promessa. Em Marcos 11:24 Ele disse: “Portanto, Eu vos digo que tudo quanto desejares, quando orares, crede que recebestes, e será vosso”. Essa é outra promessa. E cada promessa do Livro é meu, é seu, e de quem quiser. Se Deus prometeu, Ele não pode falhar. Isso tem que acontecer. Você diz: “E eu?”. Isso tem que acontecer em sua vida, se Deus prometeu, e você recebe a promessa de Deus. Irmão e irmã, eu já tentei isso uma e outra vez, e eu sei do que estou falando.

 

Por exemplo, nos dias de Abraão Deus fez uma promessa de que a sua descendência seria peregrina em terra estranha por 400 anos e que depois disso Ele os traria para fora com uma mão poderosa, mostrando Sua grandeza e o Seu Nome e o poder perante os pagãos. Deus prometeu. Estamos todos conscientes de como os patriarcas desceram ao Egito, ali morreram e foram trazidos de volta e enterrados na Terra Prometida. Israel crescia e se fortalecia no Egito. Embora escravos, eles eram um povo forte. As mulheres israelitas eram mais fortes do que as mulheres egípcias. Israel tornou-se uma grande nação. O tempo começou a esboçar a noite e coisas começaram a tomar forma para o cumprimento da promessa de Deus. Deus enviou-lhes um homem com o nome de Moisés. Ele nasceu de um nascimento peculiar e criado no Egito, e com a idade de 40 partiu para a terra de Midiã, onde ele se casou com uma mulher.

 

Depois de 40 anos na parte de trás do deserto, Deus apareceu na forma de uma sarça ardente. Posso vê-lo ali no deserto pastoreando as ovelhas de seu sogro. O sol estava quente e Moisés estava andando quando de repente Deus apareceu para ele em uma sarça ardente. O Anjo do Senhor veio a esta sarça e ela estava queimando.

 

Pare de olhar para trás e olhe para frente! A ciência disse certa vez que se um homem viajasse a uma velocidade incrível de 96 quilômetros por hora, isso tiraria o seu fôlego. Agora você nunca mais ouve a ciência referindo-se a essa afirmação. Um homem pode viajar a 2500 quilômetros por hora e eles não estão parando nisso. Eles estão continuando. Mas o ministério não olha para frente assim. Eles olham para trás para ver o que A. B. Simpson disse, ou o que D. L. Moody disse. O que queremos saber é o que Deus disse sobre as coisas. Vamos lá! O campo é todo seu. Se os ministros pudessem se esforçar como os inventores que tem feito uma pesquisa científica tão intensa a fim de ajudar as pessoas, quanto mais nós poderíamos ajudar as pessoas se pudéssemos nos mover. Deus disse: “Tudo o que desejardes, quando orardes, creia que vós o recebereis”. Aí está você, olhe para frente!

 

Agora, posso ver Moisés quando ele se afastou para olhar para a sarça. E depois que Deus viu que tinha a atenção de Moisés, Ele falou na sarça. Moisés era um homem como nós. Ele viu que isso era algo sobrenatural. Ele se aproximou para olhar para isso. Agora, deixe-me dizer uma coisa, metodistas, batistas, pentecostais e todos vocês – se as igrejas metodistas e batistas lá no passado tivessem ficado na vontade de Deus e continuassem seguindo em frente alimentando suas igrejas, não haveria tantas seitas hoje. Os da Ciência Cristã ganharam milhares em todo o país, mesmo que eles negam o Sangue de Cristo. Eles têm psicologia suficiente para atrair a atenção das pessoas – e os homens feitos à imagem de Deus estão sempre prontos para virem para um lado para encontrar alguma coisa. Eu não os culpo. Eles sentam por aí em igrejas frias e secas, tão secas como um pano de prato que não foi usado em um mês. Eles são esperados para mastigar algum velho credo ou algo que o homem disse. A igreja tem que ser alimentada.

 

O homem possui algo dentro dele que responde ao sobrenatural. Deus mostrou a Moisés obras sobrenaturais para atrair a sua atenção. Moisés se aproximou e Deus falou com ele do meio da sarça e disse: “Tire as sandálias. Você está em solo sagrado”. E Moisés tirou suas sandálias. Há três coisas que eu quero que você perceba que Deus disse aqui. “Eu ouvi o clamor do Meu povo. Tenho visto suas aflições. E lembrei-me da Minha aliança”. Eu vi, eu ouvi, e me lembrei da minha promessa. Aleluia!

 

Se Deus pôde ver, então Ele pode ver agora. Se Ele pôde ouvir, então Ele pode ouvir agora. Se Ele pôde Se lembrar, então Ele pode Se lembrar agora. E se Ele Se lembra de Sua promessa a Abraão, Ele Se lembra da Sua promessa à Cristo. Irmão, você tem que tirar esse osso de galinha e obter uma espinha dorsal em seu lugar. Deus Se lembra de todas as promessas que Ele fez. E Ele Se lembra de Sua promessa de que você não teria falta de nada. Em outras palavras, Ele assinou em todo o livro cheio de cheques e disse: “preencha-os”. Mas você tem medo de trocá-los. Qual é o problema, irmão? Vá em frente e entregue-os. Veja se Deus não os reconhece. Ele vai ter de reconhecer a escrita de Seu próprio Filho, especialmente quando se está escrito em Seu próprio Sangue.

 

Observe, Moisés disse: “Senhor, eu não posso ir lá. Eu sou lento no falar e não consigo falar muito bem”. Mas depois de um tempo Deus falou: “Quando você for, você verá a Minha glória”. Deus queria mostrar-lhe a Sua glória. Ele perguntou: “O que é isso em sua mão, Moisés?”. Ele respondeu: “Uma vara”. Moisés a jogou e um milagre foi realizado. Ela se transformou em uma serpente. Ele a pegou e ela era uma vara em sua mão novamente. Depois Deus lhe deu um sinal de cura. Cura é uma das glórias de Deus. Ela está no reino do sobrenatural. É algo pelo qual o homem tem fome... o milagroso, o sobrenatural, o homem ainda é homem, as pessoas ainda são pessoas, Deus ainda é Deus. Ele colocou a mão em seu seio e Deus o curou da lepra.

 

Agora observe, aquela vara não era mais uma vara. Era a vara do julgamento de Deus que Ele estava enviando perante ele quando ele fosse para o Egito. E observe que a mão que manejou a vara de Deus teve de ser primeiro purificada. E é dessa maneira que é hoje. Se aqueles egípcios pudessem ter alguma vez tirado a vara da mão de Moisés, eles teriam batido nele. Porque era a vara que ele ergueu para o céu e transformou-o em trevas; era a vara que trouxe sapos e moscas e assim por diante. Era a vara de Deus. E como a vara que estava na mão de Moisés, o Nome de Jesus está nas mãos da Igreja. A Palavra diz: “Tudo quanto fizerdes por palavras ou por obras, fazei tudo em nome de Jesus. Se pedirdes ao Pai alguma coisa em Meu nome, Ele o fará”. O mundo se pergunta por que ele está na condição em que está hoje. As pessoas em nossa nação saem por aí e xingam e blasfemam nesse Nome – como você espera Deus para honrar suas orações? Mas eu lhe digo que quando uma oração sobe de um verdadeiro coração que tem sido purificado, o diabo treme.

 

“Tudo o que pedirdes em Meu Nome” – veja, “em Meu nome”. Isso é o instrumento de procuração. É a autoridade que Deus tem para a igreja. “Em Meu nome expulsarão demônios”. “Não Eu, mas vós fareis”. E é aí onde está. Se quando uma pessoa doente está diante de mim, e eu posso ver que o seu coração está limpo e sua vida é limpa, cada demônio tem que tremer. Se houver coisas na vida da pessoa, ela tem que acertá-las primeiro. Aquele Nome tinha tanta autoridade até mesmo antes da Expiação, que os discípulos voltaram alegres dizendo que até os demônios se sujeitavam a esse Nome. Isso foi antes que a Expiação fosse feita. Como deveria ser agora, depois que o Sangue foi espargido, e o poder e a autoridade foram dados por Jesus para a igreja! “Tudo o que pedirdes em Meu nome Eu o farei”. A vara de Deus estava na mão de Moisés, e Sua vara está na mão da Igreja. Quando Moisés viu que sua mão tinha sido limpa, ele colocou aquela vara perante ele, colocou sua esposa e filhos montados em uma mula, e ele foi para o Egito – uma invasão de um único homem! Pode você imaginar um homem velho de 80 anos de idade, a barba sendo soprada pelo vento, com uma vara ao seu lado, com uma esposa e dois filhos, indo para o Egito, a nação mais poderosa no mundo, para tomá-la? Para a mente carnal seria radical, seria um absurdo, mas ele tinha a promessa. Aleluia.

 

A esposa de Moisés lhe perguntou: “Você sabe para onde você está indo Moisés?”. Ele respondeu: “Eu sei o que estou fazendo”. Oh, que coisa, a maior nação do mundo, e muitos milhares de homens treinados, mas Deus disse para descer e tomá-la. Agora que vimos a glória de Deus, vamos descer e tomar o inimigo. O diabo diz que não podemos fazer isso, mas Deus diz que podemos. Em quem vamos acreditar? Davi, quando ele esteve diante de Golias naquele dia, sabia que Deus não iria reter nenhuma coisa boa para um homem que andasse retamente perante Ele. Ele olhou para o grande filisteu prepotente de pé lá, um grande gigante com sua armadura. Davi disse ao filisteu que ele veio armado com uma lança, mas que ele, Davi, veio de encontro a ele no Nome do Senhor em primeiro lugar e marchava naquele Nome. Se você estiver enfermo esta noite, fale o Nome de Jesus e ande nele. Se você deseja o Espírito Santo esta noite, tome o Nome de Jesus e receba a promessa. Veja o que acontece. Eu sei do que estou falando.

 

Moisés está no seu caminho para o Egito. Posso ver alguém lá dizer:

“Para onde esse sujeito está indo?”.

“Eu estou no meu caminho para o Egito”.

“O que você vai fazer lá?”.

“Trazer Israel”.

Você pode imaginar o que um homem carnal teria dito?

“Ora, esse sujeito ficou louco”.

Mas ele tinha a promessa. Talvez o médico já lhe dissesse que o câncer irá tirar a sua vida. Mas você tem a promessa, siga em frente e receba-a!

 

Aqui vai ele para o Egito. Ele prega o Evangelho, lhes diz o que deve ser feito. E quando ele o faz, chega o dia da decisão de Israel. Depois de ouvir a Palavra, há um momento de decisão. Vocês batistas, metodistas, pentecostais, peregrinos da santidade e tudo mais, vocês têm que tomar uma decisão. É hora para sua igreja tomar uma decisão. O que você irá fazer sobre isso? Vamos servir a Deus. Elias disse: “Escolhei hoje a quem haveis de servir”. Há um momento na vida de cada homem, quando ele chega a um cruzamento de caminhos – ele tem que dar a volta. Israel tomou uma decisão. Eles marcharam à meia-noite, armados, calçados com o capacete do evangelho. Mas assim que eles se moveram para fora, o inimigo veio atrás deles. Eles foram pegos – o inimigo por trás deles, com montanhas de ambos os lados e o Mar Vermelho em frente deles. O exército de Faraó estava perseguindo, e lá estavam eles bem abaixo na brecha da morte. Mas eles sabiam que estavam no caminho 

para a Terra Prometida. Eles tinham a promessa. Aleluia! E temos a promessa também – somos o povo da promessa. Quando aquele Mar Vermelho ficou no caminho deles, Deus o abriu e o povo marchou por terras secas. O incircunciso e o incrédulo tentaram zombar deles, tentaram seguir, mas pereceram no mar. Assim é hoje; aqueles que afirmam ou pretendem ter o Espírito Santo, não o fazem por muito tempo até que suas cores mostram do que eles são feitos. Mas aqueles que têm o artigo verdadeiro de Deus, a experiência do novo nascimento, seguem em frente. A promessa é para os que perseveram até o fim – os mesmos serão salvos.

 

A próxima coisa que eles fizeram foi chegar às águas de Mara, ou amargura. Algumas pessoas pensam que depois que você tem o Espírito Santo, você está sentado em uma estrada fácil sem nenhum problema de modo algum. Você vai ter muitos deles. Quando chegaram às águas amargas eles não puderam beber. Mas agora pense – você acha que Deus iria levar os Seus filhos às águas amargas? Às vezes Ele faz isso. Você pode dizer: “Irmão Branham, desde que eu tenho o Espírito Santo, tudo foi dessa e daquela maneira”. Vamos louvar ao Senhor, isso é bom. Cada filho que vem a Deus deve ser castigado por Deus. Se você não puder suportar o castigo você é um filho bastardo, e não um filho de Deus.

 

Mas note, parado sobre as margens das águas amargas estava o remédio. Eles cortaram uma árvore e a jogaram na água e o amargo ficou doce. Deus Se move. Alguns passam pela água, alguns passam pelo dilúvio, alguns passam por trilhas escuras, mas todos através do Sangue. Deus ainda é o mesmo ontem, hoje e eternamente. Em Mara Deus deu a grande promessa de cura para os filhos de Israel. E ali Ele Se revelou como Jeová-Rafa, o Senhor que te sara. (Êxodo 15:26) E disse: “Se ouvires atento a voz do Senhor teu Deus, e fizeres o que é reto aos Seus olhos, e deres ouvido aos Seus mandamentos, e guardares todos os Seus estatutos, nenhuma dessas enfermidades porei sobre ti, das que Eu trouxe sobre os egípcios, porque Eu sou o Senhor que te sara”.

 

Uma mulher que tinha problemas de estômago veio até mim e disse: “Tive problemas de estômago por muitos anos, e quando você falou para mim você descreveu isso perfeitamente”. Eu então lhe disse para ir para casa e comer qualquer coisa que ela quisesse, porque ela estaria sã. Algum tempo depois ela veio até a mim novamente e disse: “Irmão Branham, eu comecei a comer regularmente e, quando eu fiz, parecia que tinha me matado. Isso continuou por dias e dias. Eu decidi que se eu morresse, eu ainda assim estaria tentando comer, porque eu sabia que eu tinha a promessa de Deus. Certa manhã meu estômago estava me incomodando tanto que eu mal podia suportar. Fui lavar a louça, e de repente eu fiquei tão cansada que comecei a chorar. Como poderia ser – como poderia ser? Mas eu dizia a mim mesma: ‘Ele curou os outros. Ele fará isso por mim, eu vou manter o meu testemunho’.”

 

Quando ela disse isso, uma verdadeira sensação de frio passou por ela e ela se perguntava o que era isso. Ela continuou lavando os pratos. Ela começou a se sentir encorajada e disse para si mesma: “Eu vou tomar uma xícara de café”. Ela não tinha sido capaz de beber nos últimos anos. Havia um pouco de farinha de aveia restando, e ela comeu a farinha de aveia, e nunca teve um mínimo problema. Depois ela tentou algumas torradas e manteiga. Ela esperou uma hora e ainda se sentia tão bem quanto podia estar. Ela decidiu ir à rua e contar a um vizinho o que havia acontecido com ela. Este vizinho tinha um tumor no lado de sua face, e esta senhora pensou que o seu testemunho incentivaria o vizinho a crer por sua cura também. Ela também tinha recebido oração na reunião. Quando ela chegou lá, o vizinho estava de pé com as mãos erguidas, louvando a Deus – o tumor havia deixado o seu rosto naquela manhã. Você sabe o que foi isso? Foi o Anjo do Senhor passando naquele bairro, naquela manhã, confirmando a palavra que tinha sido falado a eles!

 

Lembra-se de Daniel e o Anjo? Daniel orou e isso foi vinte e um dias antes que o Anjo pudesse chegar até ele. Mas tão certo como a bênção de Deus é pronunciada sobre você e você crê nisso, isso se cumprirá. Pode demorar dez dias, pode demorar cinco dias, pode demorar mais ou menos tempo. Deus está preocupado com o seu caso e viu a sua fé. A bênção de Deus está estampada sobre você, e você tem que recebê-la. A única coisa que impedirá você de receber é descrer nisso.

 

Nota: este sermão foi pregado pelo irmão Branham e editado pelo Rev. Gordon Lindsay para a revista “A Voz da Cura”.

 

Tradução: Diógenes Dornelles

 

Salve esse arquivo em PDF