Amor Divino

26/05/2017 00:00

 

Amor Divino (26/08/1956) §§ 57-59, Jeffersonville, Indiana, EUA.

Em poucos momentos, eu o ouvi dizer alguma coisa em alta voz sobre os meus ombros. E ele estava gritando: “Eu posso ver. Eu posso ver.” O que foi aquilo? O amor divino. A compaixão havia sido projetada, através do Espírito Santo, para este homem. E através daquilo, no fim do caminho, onde ele não podia... Nada poderia ser feito. E o amor havia tomado seu lugar, e o amor havia encontrado o amor, então a graça soberana começou a operar. E Deus, através da graça soberana, restaurou a visão daquele homem. Vêem? Primeiro você tem que entrar naquele pensamento. Esta é a maneira que você tem que fazer com o pecador. Muitas pessoas oram pelos pecadores. Tudo bem. Mas esta não é a maneira de se ganhar um pecador. É seu dever ganhar o pecador. Você não o ganha orando por ele. Você o ganha, o ganha – ganha conversando com ele, e apresentando-lhe Cristo. Esta é a sua obrigação. Este é seu dever, é ganhar pecadores conversando com eles. E é projetando-lhes o amor de Deus, através da Palavra de Deus, que ganha o pecador.