9 DE JULHO

09/07/2017 00:00

1807 - Assinatura da paz de Tilsit, entre Napoleão Bonaparte e os reis da Rússia e da Prússia, em benefício dos russos. 

1810 - Napoleão Bonaparte anexa a Holanda ao seu império. 

1816 - O Congresso de Tucumán declara a independência das Províncias Unidas do Rio da Prata (Argentina). 

1859 - Um tratado de reconhecimento, paz e amizade entre a Argentina e a Espanha é assinado em Madri. Através do tratado, a Espanha reconhece a Argentina como nação "livre, soberana e independente." 

1900 - A Austrália se constitui em Estado Federal mediante a "Commonwealth of Australia Act". 

1920 - O general mexicano Pancho Villa abandona as armas, após o assassinato de Carranza e a nomeação de Huerta como presidente interino. 

1925 - Golpe de Estado no Equador, quando o general Francisco González de la Torre derruba o presidente Gonzalo S. Córdova. 

1926 - Triunfa em Portugal um movimento militar encabeçado pelo general Carmona. 

1928 - Naufraga próximo da costa de Arauco (Chile) o transporte militar chileno "Angamos", com 295 ocupantes. Apenas quatro pessoas sobreviveram. 

1932 - Ocorre a Revolução Constitucionalista, em São Paulo. A data é comemorada com um feriado estadual. No dia 9 de julho de 1932, teve início o levante de São Paulo contra as tropas federais fiéis ao governo de Getúlio. Depois de três meses de lutas, os paulistas depuseram as armas. Dois anos depois, porém, Getúlio Vargas convocava a Assembléia Nacional Constituinte. 

1932 - O Governo peruano decreta o estado de sítio em todo o país e envia tropas e aviões à província de La Libertad, para reprimir o movimento comunista. 

1934 - Heinrich Himmler, chefe da SS e da Gestapo, passa a comandar os campos de concentração na Alemanha. 

1935 - Nasce Mercedes Sosa, cantora argentina. 

1938 - O tratado de paz que põe fim à Guerra del Chaco entre Paraguai e Bolívia é assinado. 

1940 - Segunda Guerra Mundial: a aviação inglesa bombardeia Hamburgo e outras cidades alemãs em resposta aos bombardeios alemães sobre barcos britânicos e portos do Canal. 

1940 - A Romênia se submete à proteção da Alemanha. 

1943 - As forças aliadas desembarcam na ilha da Sicília. 

1944 - Tropas britânicas e canadenses ocupam Caen, na França. 

1971 - O transbordamento dos rios Magdalena e Putumayo, na Colômbia, deixa 800 mortos e mais de mil famílias desabrigadas. 

1974 - Morre Juan Domingo Perón, presidente argentino. 

1980 - O Poeta do Amor. Em 9 de julho de 1980, morreu Marcus Vinícius de Melo Moraes, o poeta do amor. Nascido em 1913, no Rio de Janeiro, Vinícius de Moraes foi um dos mais populares poetas brasileiros. Bacharel em Letras e em Direito, em 1943 ingressou na carreira diplomática e, em 1953, compôs o primeiro samba. 

1982 - Um avião Boeing explode em Nova Orleans (EUA), deixando 144 mortos. 

1994 - Kim Jong II, filho do falecido presidente Kim il-Sung, se proclama o novo chefe de Estado da Coréia do Norte. 

1996 - Histórica visita do presidente sul-africano, Nelson Mandela, ao Reino Unido. A rainha Isabel II o chama Mandela de "salvador da África do Sul". 

1997 - Fim em Madri da maior reunião da história da OTAN, com a assinatura de um tratado com a Ucrânia e o acordo de integração na Aliança da Polônia, Hungria e a República Tcheca. 

1998 - Carlos Saúl Menem, governador da província de La Rioja, é designado candidato peronista à presidência da República Argentina. 

2000 - O presidente israelense, Ezer Weizman, apresenta sua demissão, após sete anos no cargo, devido a um escândalo de corrupção. 

2001 - A corte de Apelações de Santiago do Chile decide suspender temporariamente a causa contra o ex-ditador chileno Augusto Pinochet, por razões de saúde.