28 DE JUNHO

28/06/2017 00:00

1519 - Carlos I da Espanha é escolhido como imperador da Alemanha. 

1577 - Nasce Pablo Pedro Rubens, pintor barroco flamengo. 

1712 - Nasce Jean Jacques Rousseau, filósofo francês. 

1808 - O futuro general San Martín alcança o posto de capitão nos campos de Arjonilla (Espanha), lutando contra as tropas invasoras francesas da Península Ibérica. 

1835 - Convênio entre Inglaterra e Espanha, no qual este último se obriga a impedir o comércio de escravos para a América. 

1844 - Fuzilamentos em Matanzas (Cuba), após uma revolta de escravos negros. 

1867 - Nasce Luigi Pirandello, dramaturgo italiano, Prêmio Nobel 1934. 

1886 - Inauguração da ferrovia Canadian Pacific, entre Montreal e Port Moof (na costa do Pacífico). 

1902 - O Congresso dos EUA aprova a lei Spooner, que autoriza o presidente a comprar por US$ 40 milhões a concessão do canal do Panamá, devido à quebra da antiga companhia do Canal Interoceânico. 

1913 - Começa a segunda guerra balcânica: ofensiva da Bulgária contra a Sérvia e Grécia. 

1914 - O herdeiro do trono austro-húngaro, arquiduque Francisco Ferdinando e sua esposa su esposa são assassinados em Sarajevo. Este acontecimento foi o estopim para a Primeira Guerra Mundial.  

1918 - O governo soviético nacionaliza a indústria. 

 

1919 - Tratado de Versalhes. Em 28 de junho de 1919, o Tratado de Versalhes é assinado, selando a paz com os alemães, após a Primeira Guerra. A Alemanha perde suas colônias, que são repartidas entre os Aliados, e é dividida em duas partes. O país é obrigado a pagar indenizações pelos danos causados pela guerra e fica proibido de formar exército. 

1921 - A Iugoslávia se constitui em Estado único. 

1929 - O Instituto Alemão de Física concede a "Medalha Max Planck" ao próprio Planck e a Albert Einstein. 

1930 - Movimento revolucionário na Bolívia. 

1939 - A companhia Pan American Airways inicia o primeiro vôo regular de viagens sobre o Atlântico, entre Long Island (Nova York) e Marselha (França). 

1941 - Segunda Guerra Mundial: Albânia declara a guerra à URSS. 

1942 - Os alemães conquistam a fortaleza de Tobruk (África do Norte). 

1950 - China Popular confisca as grandes propriedades territoriais e requere as da Igreja. 

1954 - O primeiro-ministro da China, Chou Enlai, e Nehru, primeiro-ministro da Índia, proclamam "Os cinco princípios de coexistência pacífica". 

1958 - Brasil ganha a Copa do Mundo de futebol ao vencer, em Estocolmo, a seleção da Suécia por 5 a 2. 

1960 - O governo cubano se apropria da refinaria de petróleo norte-americana Texaco. 

1968 - Violentas manifestações nas principais cidades da Argentina, motivadas pelo golpe de Estado do general Onganía. 

1974 - Desabamentos de terras em uma estrada colombiana causam a morte de 300 pessoas e a destruição de 30 veículos. 

1976 - As ilhas Seichelles se tornam país independente após 162 anos de domínio britânico. 

1991 - É assinado em Budapeste o protocolo de dissolução do Conselho de Ajuda Mútua Econômica (CAME ou COMECON) pelos delegados permanentes da URSS, Polônia, Hungria, Tchecoslováquia, Bulgária, Romênia, Vietnam, Cuba e Mongólia. 

1992 - A coalizão de centro-esquerda governante no Chile obtém ampla maioria nas primeiras eleições municipais no país após a ditadura militar. 

1993 - A Guatemala reconhece a independência de Belize, ex-colônia britânica que reivindicava a autonomia há mais de 150 anos. 

1999 - A primeira cúpula de chefes de Estado da União Européia, América Latina e Caribe aprova a Declaração do Rio de Janeiro e as Prioridades Conjuntas de Ação, cujo objetivo era consolidar uma associação estratégica de caráter político, econômico, cultural e social. 

2000 - O menino Elián González regressa a Cuba com seu pai, após permanecer sete meses nos EUA e deflagrar uma batalha legal, familiar e política por sua custódia. 

2001 - O ex-presidente iugoslavo Slobodan Milosevic é entregue ao Tribunal de Haia.