26 DE OUTUBRO

26/10/2017 00:00

1811 - Um decreto assinado por Manuel de Sarratea, Feliciano Chiclana e Juan José Paso estabelece a liberdade de imprensa na Argentina. 

1813 - A Assembléia do Rio da Prata suprime as armas e títulos da nobreza. 

1838 - Traslado dos restos mortais do imperador do México Agustín Itúrbide, a catedral da capital mexicana. 

1861 - Inaugurado nos Estados Unidos o serviço de telégrafo. 

1863 - Estabelecido por escrito as regras do futebol na Freemason's Tavern de Londres. 

1869 - Nasce Washington Luis Pereira de Souza, futuro presidente brasileiro. 

1905 - Suécia e Noruega separam-se pacificamente. A Dinamarca havia cedido a Noruega para a Suécia em 1814. 

1916 - Nasce François Maurice Marie Mitterrand, político francês. 

1917 - Entrada do Brasil na Primeira Guerra Mundial. 

1917 - Nasce o Gato Félix. O personagem ilustre dos desenhos animados é desenhado pelo australiano Pat Sullivan, que morava nos Estados Unidos. 

1919 - Banidos do Brasil mais de 100 líderes anarquistas após a descoberta de um plano para derrubar o governo. 

1920 - A Câmara dos Deputados mexicana confirma no cargo de presidente da república o general Álvaro Obregón. 

1936 - O Hospital Miguel Couto é inaugurado no Rio de Janeiro. 

1951 - Winston Churchill é reeleito primeiro ministro britânico, seguindo vitória de seu Partido Conservador nas eleições do dia anterior. 

1955 - O Conselho Nacional da Áustria aprova a nova Constituição em Viena, na qual o país se compromete a assumir uma postura de neutralidade na comunidade internacional. 

1955 - O general Ngo Dinh Diem proclama a República de Vietnã, com capital em Saigón, acumulando os cargos de chefe de Estado e chefe de Governo. 

1967 - O Xá do Irã é oficialmente coroado em seu quadragésimo oitavo aniversário, tendo adiado sua coroação por 26 anos. 

1972 - Começam as visitas guiadas a prisão de segurança máxima de Alcatraz. 

1976 - Morre no Rio de Janeiro, aos 79 anos, Emiliano Di Cavalcanti, um dos maiores pintores brasileiros de todos os tempos. 

1979 - O presidente da Coréia do Sul, Park Chung-Hee, é morto a tiros por seu chefe da inteligência, Kim Jae-Kyu. 

1986 - O chefe da guerrilha equatoriana Alfredo Jarrin é morto a tiros pela Polícia. 

1994 - Os primeiro-ministros de Israel, Isaac Rabin e da Jordânia, Abed Salam el-Mayali, firmam acordo de paz entre os dois países. 

1998 - Equador e Peru fecham em Brasília um acordo permanenente de paz e integração entre fronteiras.