24 DE JULHO

24/07/2016 00:00

1567 - Mary Stuart, rainha dos escoceses, é forçada a abdicar. 

1783 - O Libertador. Em 24 de julho de 1783, nasce o militar e político venezuelano Simón Bolivar. Desde 1813, ele se torna o condutor da revolução que culmina com a independência da América do Sul, motivo pelo qual é conhecido como o Libertador. Bolívar viaja por diversos países da Europa e, em 1819, cria a República da Colômbia. 

1801 - Assassinato do czar Paulo I, da Rússia. 

1802 - Nasce Alexandre Dumas, novelista e dramaturgo francês. 

1823 - Batalha naval de Maracaibo, com vitória do almirante colombiano José Padilla, que garantiu a independência da Venezuela. 

1823 - Uma lei declara livre todos os escravos do Chile e todos os que pisem no território nacional, fazendo com que este país seja o primeiro da América a libertar os escravos. 

1828 - Simón Bolívar se torna ditador na Venezuela, por decreto da Assembléia Nacional. 

1833 - Dom Pedro I do Brasil toma Lisboa de seu irmão, Dom Miguel. 

1870 - Nasce Alphonsus de Guimarães, poeta simbolista brasileiro. 

1895 - Nasce Robert Graves, escritor britânico. 

1911 - Descobrimento da cidade inca de Machu Picchu, em Cuzco, pelo norte-americano Hiram Bingham. 

1912 - A Mongólia se converte em protetorado russo. 

1917 - Mata-Hari, dançarina holandesa que ficou conhecida em toda a Europa por se apresentar nua no início do século XIX, comparece frente a um tribunal militar, que a condena à morte por espionagem. 

1928 - A China adota o sistema métrico decimal. 

1928 - Fim oficial do movimento do general César Augusto Sandino contra a intervenção norte-americana na Nicarágua. No entanto, a luta guerrilheira não terminou nesta data. 

1931 - Explode um movimento contra a ditadura chilena do general Carlos Ibáñez, que acabou destituído do poder.  

1941 - Choques armados na fronteira entre Peru e Equador. Os peruanos reivindicavam os territórios de Túmbez, Jaén e Maynas. 

1943 - O Grande Conselho Fascista italiano aprova a retirada de Mussolini e pede que o poder volte à Coroa. 

1943 - Segunda Guerra Mundial: os aliados iniciam intensos bombardeios aéreos (seis dias) contra Hamburgo. 

1946 - Abertura da Conferência de Paz, em Paris, na qual se discutem tratados prévios com Itália, Romênia, Bulgária, Hungria e Finlândia. 

1951 - Morre Abdulá, rei da Jordânia. 

1953 - Walter Ulbricht torna-se primeiro-secretário do partido do governo da Alemanha comunista. Para o político, este é um passo decisivo a caminho da chefia de Estado. 

1972 - O "Patinho Feio", primeiro computador projetado e construído no Brasil, é colocado em funcionamento na Escola Politécnica da USP. 

1974 - Constantino Karamanlis assume o cargo de primeiro ministro da Grécia, após o abandono do general Phaedon Ghizikis, chRedação Terra do governo dos coronéis. 

1976 - Uma nuvem de gás letal, a dioxina, escapa do complexo químico de ICMESA, causando uma catástrofe ecológica em Seveso (Itália), próximo de Milão. Os 15 mil habitantes têm que deixar a cidade. 

1980 - O comediante inglês Peter Sellers morre, aos 54 anos, vítima de um ataque cardíaco. 

1986 - Gustavo Arias Londono, principal líder do grupo guerrilheiro M-19, morre sob a custódia da Polícia do departamento de Caldas, em Medellín (Colômbia). 

1987 - Um Congresso Universal de Esperantistas comemora em Varsóvia o primeiro centenário desta língua, criada pelo doutor polonês Ludwik Lejzer Zamenhof. 

1990 - O Iraque envia 30 mil soldados para a fronteira com o Kuwait, enquanto os EUA decretam o estado de alerta para sua frota nas águas do Golfo Pérsico. 

1991 - Morre Isaac Bashevis Singer, escritor norte-americano de origem polonesa, Prêmio Nobel de 1978. 

1992 - O Rei da Espanha encerra em Madrid a II Cúpula Iberoamericana, que coincide com o V Centenário do Descobrimento da América. Os preceitos de "compromisso com a democracia representativa, respeito aos direitos humanos e às liberdades fundamentais" são reafirmados. 

1994 - O partido Sinn Fein, representante do Exército Republicano Irlandês (IRA), reúne cerca de 500 integrantes na Irlanda do Norte para discutir o acordo de paz proposto pela República da Irlanda e pelo governo britânico. 

2000 - O governo britânico inicia a libertação de 87 presos do IRA, condenados por múltiplos assassinatos, em aplicação do Acordo de Paz de Ulster. 

2000 - o Partido Comunista do Chile apresenta a acusação número 148 contra Augusto Pinochet, pelo desaparecimento de 137 de seus militantes, após o golpe de 1973. 

2001 - O ex-militar paraguaio Napoleão Ortigoza é indenizado pelo Estado em US$ 1,8 milhões, por haver passado 25 anos na prisão, durante o regime de Alfredo Stroessner.