2 DE AGOSTO

02/08/2016 00:00

686 - Morre o Papa Paulo V. 

1391 - Começa a matança de judeus em Palma de Mallorca. 

1509 - O rei Henrique III da França é assassinado. 

1597 - Inauguração do primeiro teatro de Barcelona, a "Casa das Comédias". 

1814 - Explode em Cuzco um movimento rebelde indígena que esteve a ponto de conseguir a independência do Peru. 

1830 - O rei Carlos X da França abdica. 

1845 - Tropas navais franco-britânicas capturam os navios argentinos que bloqueavam Montevidéu, na guerra que Rosas e Oribe sustentavam contra o Uruguai. 

1903 - Começa a rebelião da Macedônia contra o Império Otomano. A "Organização Revolucionária Interna da Macedônia" (ORIM) mobiliza 26 mil homens, sob o lema "Liberdade ou Morte", para lutar pela autonomia do país. 

1907 - A China abre sete cidades da Manchúria ao comércio internacional. 

1914 - O governo belga não aceita o ultimato alemão que exigia a livre passagem de suas tropas pela Bélgica. 

1915 - Revolução no México: os partidários de Carranza se apoderam da capital. 

1921 - O tenor italiano Enrico Caruso morre, aos 48 anos, vítima de peritonite. 

1921 - Lenin chama os trabalhadores dos países industrializados a mobilizar-se em ajuda da Rússia, ameaçada pela fome após vários anos de safras catastróficas. 

1931 - Quatro meses depois de proclamada a II República Espanhola, o povo catalão aprova em referendum o estatuto de autonomia da Catalunha. 

1934 - Adolfo Hitler assume a presidência do Terceiro Reich, após a morte do presidente da Alemanha, Paul von Hindenburg. 

1940 - O Governo de Vichy condena à morte, por rebeldia, o general Charles De Gaulle. 

1942 - Nasce Isabel Allende, escritora chilena. 

1945 - Termina a Conferência de Potsdam, em que os chefes das grandes potências estabelecem as condições da rendição alemã. 

1946 - Votação da lei Mac Mahon, nos EUA, contra toda divulgação de informações referentes à energia atômica. 

1957 - EUA e Canadá decidem criar um comando aéreo unificado. 

1957 - Morre aos 67 anos o pintor Lasar Segall. Lituano, ele morou muitos anos no Brasil e ajudou a difundir a arte moderna no país. 

1959 - Os dirigentes comunistas chineses reconhecem o fracasso das "comunas populares". 

1961 - O Governo argentino cancela os poderes concedidos ao Exército para erradicar atividades subversivas. 

1964 - Primeiro ataque do Vietnã do Norte aos Estados Unidos: uma patrulha norte-vietnamita ataca os americanos no Golfo de Tonkín. 

1966 - Fim das revoltas no Congo-Kinshasa. 

1970 - Primeiro seqüestro aéreo: um Boeing 747, com 378 passageiros, foi desviado para Cuba, quando ia de Nova York para Porto Rico. 

1971 - Hélio Bicudo é afastado das investigações dos crimes do Esquadrão da Morte. Ele foi um dos maiores denunciantes do grupo que matava presos políticos no Brasil. 

1976 - Morre Fritz Lang, cineasta alemão que se exilou nos EUA. 

1980 - Morrem 84 pessoas e mais de 200 ficam feridas em um atentado cometido pelos neofascistas, na estação ferroviária da Bolonha (Itália). 

1984 - Grã-Bretanha e China chegam a um acordo para a transferência da colônia de Hong Kong para a República Popular, em 1997. 

1984 - O ex-presidente argentino Jorge Rafael Videla é preso por ordem do governo de Raúl Alfonsín. 

1987 - O presidente peruano Alan García anuncia a estatização de 10 bancos, 17 seguradoras e seis entidades financeiras. 

1990 - A Guerra do Golfo. Em 2 de agosto de 1990, o Iraque invade o Kuwait. A ocupação é o estopim da Guerra do Golfo, liderada pelos Estados Unidos. Saddam Hussein justifica a invasão, afirmando que o Kuwait praticava uma política de superextração de petróleo, para fazer o preço cair no mercado e prejudicar a economia iraquiana. 

1992 - Eleições presidenciais e parlamentares na Croácia, ganhas por Franjo Tudjman e seu partido, a Comunidade Democrática. 

1996 - Morre Michel Debré, político francês. 

1999 - Um choque frontal de dois trens de passageiros na estação de Gaisal, no Estado indiano de Bengala Ocidental, causa a morte de 288 pessoas e deixa mil feridos. 

2000 - Vicente Fox é declarado oficialmente o presidente do México. 

2000 - Uma onda de violência deixa 101 mortos na Caxemira, logo após um incidente em um lugar sagrado. 

2001 - Extremistas muçulmanos seqüestram 36 filipinos na ilha meridional de Basilan e decapitam pelo menos quatro deles. 

2001 - O general Radislav Krstic é condenado por genocídio a 48 anos de prisão pelo Tribunal Penal Internacional para a ex-Iugoslávia.