19 DE JULHO

19/07/2017 00:00

1841 - Nasce Carl Ludwig Schleich, notável médico alemão, descobridor da anestesia local. 

1845 - Um incêndio destrói 300 edifícios em Nova York. 

1870 - A França declara guerra à Prússia. 

1909 - Fracassa a primeira tentativa de cruzar em um aeroplano o Canal da Mancha, façanha protagonizada pelo piloto Henri Latham. 

1918 - O exército alemão inicia a retirada através do rio Marne depois de ser derrotado em sua última ofensiva na França, durante a 1ª Guerra Mundial. 

1920 - O II Congresso da Internacional Comunista é inaugurado em Petrogrado. 

1921 - Nasce Rosalyn Sussman Yalow, pesquisadora norte-americana, Prêmio Nobel de Medicina 1977. 

1941 - Nasce Vaclav Klaus, presidente da República Tcheca. 

1943 - Segunda Guerra Mundial: das 11 às 13 horas, 270 aviões aliados bombardeiam Roma. 

1949 - Laos obtém a independência dentro da União Francesa. 

1951 - Assassinado em Jerusalém o rei Abdullah da Jordânia. 

1957 - Morre Curzio Malaparte, escritor italiano. 

1962 - Um míssil norte-americano intercepta pela primeira vez um foguete intercontinental. 

1965 - Morre Syngman Rhee, ex-presidente da Coréia do Sul. 

1969 - A nave espacial Apolo XI, com os astronautas norte-americanos Armstrong, Aldrin e Collins, entra em órbita ao redor da Lua. 

1979 - Os combatentes contra o regime de Somoza entram em Manágua e a revolução sandinista triunfa na Nicarágua. 

1980 - Olimpíada de Moscou. Em 19 de julho de 1980, ocorre a abertura dos Jogos Olímpicos de Moscou. Misha, o simpático urso que serviu de mascote, foi o centro das atenções na abertura e no encerramento das Olimpíadas. Os americanos boicotaram o evento, em protesto à invasão do Afeganistão pela então União Soviética. 

1982 - A Junta Militar da Bolívia destitui o presidente Celso Torrelio. 

1982 - Um forte terremoto afeta um quarto de El Salvador, deixando milhares de mortos e grandes perdas materiais. 

1985 - O dique da represa Stava (Itália) estoura, causando a morte de cerca de 300 pessoas. 

1989 - O general Jaruzelski, candidato único, é eleito presidente da Polônia, com exatamente a metade mais um voto no Parlamento. 

1990 - O Kuwait pede ajuda a seus vizinhos árabes ante as ameaças do Iraque. 

1991 - O presidente cubano, Fidel Castro, e o rei da Espanha, Juan Carlos I, se encontram pela primeira vez em Guadalajara (México). 

1992 - Morrem 28 bailarinos do ballet folclórico mexicano da cidade Juárez, quando o ônibus em que viajavam cai em um barranco. 

1992 - Pela primeira vez em sua história, o Vietnã realiza eleições legislativas. 

1992 - Uma bomba explode em um automóvel e mata o juiz Paolo Borsellino, principal combatente da máfia na Sicília. 

1995 - Guerra da Bósnia: cai em mãos sérvias o território muçulmano de Zepa, o segundo em uma semana após Srebrenica. 

1997 - O IRA decreta cessar-fogo incondicional para agilizar o processo de pacificação da Irlanda do Norte, na segunda oportunidade para a paz, após 28 anos de conflito. 

1999 - A Rússia reata suas relações oficiais com a OTAN, quatro meses depois de romper todo contato, devido ao bombardeio aliado na Iugoslávia. 

1999 - A Índia anuncia que expulsou um grupo de invasores de sua fronteira da Caxemira com o Paquistão, encerrando assim o pior combate travado pelos dois países desde a guerra de 1971. 

2000 - A indústria internacional do diamante impõe rigorosas medidas para evitar que essas pedras sejam negociadas com grupos rebeldes africanos que as vendem para poder comprar armas. 

2000 - O Congresso dos Estados Unidos aprova as medidas que suavizam o embargo econômico contra Cuba, ao proibir o uso de fundos públicos para impedir a venda de alimentos e remédios e as viagens de turistas norte-americanos à Ilha. 

2001 - Sexta greve geral na Argentina durante o governo do presidente De la Rúa, organizada pelos três sindicatos contra o ajuste econômico.