11 DE OUTUBRO

11/10/2017 00:00

1737 - Um terremoto em Calcutá mata 300 mil pessoas. 

1833 - Inicia em Buenos Aires a revolta chamada "Los restauradores", dirigida pelos federais, contra o governo de Juan Ramón Balcarce. 

1880 - Colômbia e Chile assinam um tratado de paz. 

1915 - Nasce Arthur Miller, escritor norte-americano. 

1916 - Pressionado pela direita, o ministro alemão da Guerra ordena o censo entre judeus nas Forças Armadas alemãs. O objetivo era comprovar que os judeus se esquivavam de lutar na frente de batalha da Primeira Guerra Mundial. O censo deflagrou uma nova onda de anti-semitismo no país. 

1928 - O dirigível alemão Conde Zeppelin levanta vôo para a primeira viagem aos Estados Unidos. 

1930 - Getúlio Vargas transmite o governo do Rio Grande do Sul para Osvaldo Aranha, que participou da Revolução Federalista de 1923. 

1962 - O papa João XXIII inaugura o Concílio Vaticano II, que moderniza o espírito e as estruturas da igreja Católica. 

1963 - As Nações Unidas condenam o apartheid, regime de segregação racial na África do Sul, por 106 votos a um. 

1963 - Morre Edith Piaf, cantora francesa. 

1967 - Inundações em Buenos Aires causam a morte de 50 pessoas e obrigam outras 190 mil a evacuar a capital argentina. 

1977 - A lei que cria o estado do Mato Grosso do Sul, a partir de 1º de janeiro de 1979 é sancionada. 

1981 - O atleta brasileiro Pepê vence o campeonato mundial de vôo livre e torna-se símbolo da geração saúde. 

1991 - Fidel Castro culpa a URSS pela crise econômica cubana no IV Congresso do Partido Comunista Cubano, em que é reeleito líder. 

1992 - Os reis da Espanha presidem em Sevilha a comemoração do quinto centenário de descobrimento da América. 

1993 - O Conselho central da OLP rartifica o acordo de paz com Israel e decreta Yasser Arafat como autoridade máxima palestina. 

1996 - O vocalista da banda Legião Urbana Renato Russo morre de insuficiência pulmonar, aos 36 anos e com apenas 45 quilos. Ele tinha Aids desde 1990. 

1999 - O cientista alemão Gunter Blobel vence o prêmio Nobel de Medicina, pela descoberta de que as proteínas "emitem sinais internos que governam seu transporte e a localização na célula".